Você sabe o que é sarcopenia? 4 hábitos para evitar a perda de massa muscular

Cuidar dos músculos vai além da busca por um padrão de beleza ou para aumentar a autoestima, mas também é um investimento em longevidade com qualidade de vida. A perda de massa magra, ou seja, músculos, começa a acontecer a partir dos 30 anos. Isso é o que chamamos de sarcopenia, que é a perda generalizada e progressiva da força e massa muscular à medida que o corpo envelhece. Nesse texto vamos te mostrar o que é a sarcopenia, quais as suas consequências no dia a dia e como evitá-la ou diminuí-la para manter o seu corpo saudável.
O que a sarcopenia pode causar?
Devido a alterações hormonais e fisiológicas causadas pelo próprio processo de envelhecimento, a partir dos 30 anos, o corpo tende a perder de 1 a 2% de sua massa muscular anualmente. O sedentarismo e a má alimentação podem acelerar ainda mais esse processo com o tempo, o que compromete a qualidade de vida do indivíduo à medida que sua idade avança.
A não prevenção da sarcopenia pode fazer com que, ao chegar aos 80 anos, a pessoa tenha apenas 50% da massa muscular da juventude. Assim, atividades simples do dia a dia como subir escadas, carregar compras, levantar-se da cadeira ou fazer uma caminhada podem se tornar difíceis e até gerar quedas e fraturas.
Para prevenir esta condição, os hábitos saudáveis são imprescindíveis em todas as idades. A seguir, vamos mostrar como evitar a perda da massa muscular com hábitos que você pode fazer no seu cotidiano hoje mesmo.


O que se pode fazer para evitar a perda de massa muscular?

1. Fazer exercícios físicos

Os exercícios de resistência, ou seja, musculação são ótimos para evitar a sarcopenia. Geralmente atrelada a ideia da autoimagem, de pessoas jovens e pela busca de um padrão estético, a musculação não serve apenas para tirar uma foto bonita para o Instagram. A musculação tem benefícios que vão muito além do aumento da autoestima, pois, aumenta a densidade óssea, diminui as dores nas articulações, corrige a postura do corpo, reduz sintomas de doenças crônicas, melhora a qualidade do sono, aumenta a força do indivíduo e, no caso de pessoas idosas, principalmente, aumenta autoconfiança no dia-a-dia. Contudo, é preciso reforçar que a musculação ou qualquer atividade física deve ser acompanhada por um profissional qualificado e com o aval do seu médico, já que eles podem guiá-lo a uma rotina de exercícios mais personalizada às suas necessidades físicas.

 

2. Trazer os hábitos saudáveis para o seu dia a dia

Mas não é apenas na academia que podemos desenvolver o nosso corpo físico de forma saudável. Os simples hábitos saudáveis do dia a dia, como subir escadas, caminhar, carregar compras, apesar de parecerem corriqueiros, são cada vez menos praticados, por conta da vida cada vez mais atarefada e, também, dos avanços da tecnologias para facilitar o cotidiano (elevadores, compras por aplicativo, veículo próprio), o que conduz o indivíduo a uma vida mais sedentária. Por isso, a atenção às pequenas rotinas diárias, para inserir mais movimento ao cotidiano vai contribuir também à saúde dos seus músculos. Incluir na rotina uma atividade de lazer ou hobby que inclua exercícios físicos regulares, como dança, aulas de teatro ou a prática de um esporte, por exemplo, ajudam a evitar o desgastes dos músculos, além de desenvolver também a saúde mental.

 

3. Seguir uma dieta equilibrada com orientação profissional

Com a ajuda de um profissional na área, como nutricionista, é possível ser orientado a uma dieta equilibrada e personalizada para sua saúde. No caso de indivíduos que já apresentem sinais de perda de massa magra ou querem preveni-la, o indicado é uma alimentação rica em proteínas para evitar a perda natural dos músculos ou para ajudá-lo a ganhar massa muscular.

 

4. Faça a suplementação

Conhecido pelos amantes da academia, a suplementação de proteína, como o Whey Protein já faz parte do dia a dia de alguns brasileiros. Contudo, existem vários tipos de suplementos proteicos que podem ajudar o seu corpo a ganhar massa muscular ou evitar a perda. Para usar suplemento também é recomendável a ajuda de um profissional da área, para guiá-lo a uma dose adequada de suplementação que seja condizente à sua rotina de
exercícios físicos. Agora que você já aprendeu o que é a sarcopenia e quais são os meios mais eficazes de prevenir ou minimizá-la, que tal pensar em hábitos mais saudáveis para o seu dia-a-dia? Nas nossas redes sociais temos dicas ótimas para deixar a sua vida com mais qualidade.
Acesse e veja nossos conteúdos semanais que vão te ajudar a ter uma rotina mais saudável. Além disso, comente quais hábitos você já está praticando para evitar a perda de massa muscular.
E se você quiser adquirir suplementos proteicos para complementar a sua alimentação, no site da Casa Ômega há muitas marcas e tipos de suplementação que atendem às diversas realidades do cotidiano e são recomendados para todas as idades. Confira e evite que a sarcopenia diminua a sua qualidade de vida!